Tipos de contratos de corretagem
Um contrato de corretagem é um acordo entre você e um corretor imobiliário credenciado autorizando esse corretor a representá-lo na venda de sua casa. Sem dúvida, o tipo mais comum de contrato de corretagem é o “Contrato de Exclusividade para Venda”, mas existem vários outros tipos. 

rightContrato de Exclusividade para Venda
Este é o tipo de contrato mais conhecido entre vendedores e corretores.  De acordo com um contrato de exclusividade, o corretor é a única pessoa autorizada a vender seu imóvel.  Se um outro agente encontrar um comprador, seu corretor recebe uma comissão.  Se você próprio encontrar um comprador, ainda assim seu corretor recebe uma comissão.  Essa opção oferece mais incentivo ao corretor para que ele gaste tempo, dinheiro e energia promovendo sua casa.  Especialmente para outros agentes da região, que podem mostrar sua casa a seus próprios clientes compradores.  Somente com um contrato de exclusividade para a venda você pode esperar receber um serviço de divulgação completo por parte de seu agente, já que é o único tipo de contrato de corretagem que assegura ao corretor o pagamento de suas iniciativas e despesas de divulgação quando a casa for vendida.

leftContrato de Exclusividade com um Corretor
Essa opção é similar à opção contrato de exclusividade para a venda, com a significativa diferença que você se reserva o dieito de vender sua casa sem o pagamento de comissão a um corretor. O corretor somente receberá o pagamento se sua casa for vendida através de um profissional imobiliário credenciado. Se você encontrar seu próprio comprador e você mesmo vender a casa, não pagará comissão.  Em vista disso, pode parecer um arranjo atraente. Mas não é um tipo de contrato de corretagem muito popular entre os corretores, e por uma boa razão. Segundo um contrato de exclusividade com um corretor, ele fica exposto ao risco de dispender considerável energia e recursos para a venda de seu imóvel e, ao final, ficar de mãos vazias. O atrativo para o vendedor neste tipo de contrato é naturalmente a possibilidade de encontrar seu próprio comprador e não precisar pagar uma comissão. Isso coloca o vendedor e o corretor em posições antagônicas, o que normalmente não é interessante para nenhuma das partes.  Pelo fato do corretor ter uma boa chance de não conseguir nenhuma comissão é pouco provável que ele coloque suas energias e recursos em um contrato de exclusividade com um corretor.

rightCorretagem Aberta
A corretagem aberta é um contrato de não-exclusividade.  Ele concede ao corretor permissão para mostrar sua casa a possíveis compradores e o corretor somente receberá sua comissão trazendo um cliente que realmente compre a casa.  Já que o contrato de corretagem aberta não é exclusivo, os vendedores podem assinar esses contratos com quantos corretores desejarem.  O resultado da corretagem aberta é que nenhum corretor receberá qualquer incentivo para comercializar seu imóvel. Eles nem incluirão sua casa na relação de imóveis à venda (MLS) local com esse tipo de contrato.  Além disso, é obrigação do vendedor atender às chamadas telefônicas e agendar todas as visitas, etc….  Geralmente as unicas pessoas que usam opções em aberto são os chamados FSBO's (for sale by owner - à venda pelo proprietário), que só desejam pagar uma comissão parcial a um agente para encontrar um comprador. Você não deve esperar nenhuma divulgação ou anúncio com um contrato de corretagem aberta.

 

Corretagem por Visita
Também chamada acordo "uma única vez". Este é um contrato em que um FSBO concorda que um agente mostre o imóvel para um único cliente interessado e paga uma comissão ao agente se a visita resultar em venda.  A finalidade é impedir que o vendedor dê permissão para que o agente mostre o imóvel, e depois o próprio vendedor negocie diretamente com o cliente, e depois negando o pagamento de qualquer comissão ao corretor.